Prof. Dr. Roth Vargas

NEROUCIRURGIÃO

Campinas SP

Brazil

Tel. (55) X 19 9 3789 5577

www.cmcnet.com.br


Nucleopastia


A chamada "Protrusão Discal" é uma condição associada a uma degeneração do disco intervertebral, entretanto sem a ocorrência de uma hérnia. Geralmente ocorre após exercício físico intenso, portanto é um traumatismo do disco. O disco está "dilatado, abaulado", tendendo a ruptura, mas ainda contido pelo ânulo fibroso que funciona como "retentor". O termo "Black-Disc" tem origem no fato de nesses casos, a imagem da Ressonância Magnética mostrar tal disco escurecido, praticamente preto. Nessa condição há presença de lombalgia intensa (dor nas costas) sem necessariamente haver dor irradiada para perna (dor radicular).

"Nucleoplastia" é o tratamento desse disco através de lesão por calor gerado por radiofrequência. Esse método consiste em "queimar" o interior do disco promovendo assim a diminuição de volume e alívio da dor. A "Discectomia Percutânea" com nucleótomo tem a mesma finalidade, aqui o conteúdo do disco é aspirado promovendo diminuição de volume e alívio da dor.

A "Nucleolise" tem a mesma finalidade; através da injeção de substância química proteolítica (papaína) que, destruindo tecidos promove a diminuição do volume discal aliviando a dor.

"Radiofrequência" – o que é? A medicina utiliza em várias circunstâncias altas temperaturas para "cauterizar" tecidos. Os aparelhos geradores de radiofrequência são geradores de calor. Qualquer pessoa percebe que ao utilizar o telefone celular este fica aquecido – são as ondas de radio gerando calor, isso é utilizado em aparelhos cirúrgicos com finalidade de cauterização. As ponteiras que queimam os tecidos são as "antenas" de rádio que seaquecem dependendo da frequência gerada pelo aparelho.
Rua Dr. Edilberto Luís Pereira da Silva 150
Barão Geraldo - Campinas/SP